Caixa promete liberar até o fim do mês crédito imobiliário travado

A Caixa Econômica Federal anunciou que vai concluir até 30 de novembro todas as propostas de crédito habitacional que foram aprovadas pelo banco, mas ficaram paradas à espera de recursos, antes da exigência de 50% de entrada para imóveis usados.

Os processos ficaram travados no banco sem a assinatura dos contratos e os compradores temiam perder os imóveis.

Nelson de Souza, vice-presidente de habitação da Caixa, disse ao G1 que foco do banco é Minha Casa, Minha Vida (Foto: Pamela Kometani)

Nelson de Souza, vice-presidente de habitação da Caixa (Foto: Pamela Kometani)

Em setembro, a Caixa aumentou de 30% para 50% a exigência da entrada para financiar imóveis usados com recursos do SBPE (caderneta de poupança). No mesmo período, o banco adotou um sistema de dotação mensal que tornou a liberação dos recursos mais lenta.

Souza admitiu que o banco está restringindo o crédito para clientes que compram imóvel usado e têm renda acima de R$ 4 mil, para priorizar linhas voltadas para a habitação social como o Minha Casa, Minha Vida, que utiliza recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e juros mais baixos.

SHARE